<$BlogRSDURL$>

quinta-feira, abril 29, 2004

São estas as portas que Abril abriu!!??

Comé!!?? O Ezequiel vai embora e ninguem quer participar no seu blog??!!

Gostariamos de ter a vossa opinião sobre o Festival (o que gostaram, o que não gostaram e como melhorar...) Esta avaliação também vai servir de base para outras actividades ao longo do ano...)

Vamos lá, toca a ajudar-nos...
|

terça-feira, abril 27, 2004

Ítaca

Quando começares a tua viagem para Ítaca,
reza para que o caminho seja longo,
cheio de aventura e de conhecimento.
Não temas monstros como os Ciclopes ou o zangado Poseidon:
Nunca os encontrarás no teu caminho
enquanto mantiveres o teu espírito elevado,
enquanto uma rara excitação agitar o teu espírito e o teu corpo.
Nunca encontrarás os Ciclopes ou outros monstros
a não ser que os tragas contigo dentro da tua alma,
a não ser que a tua alma os crie em frente a ti.

Deseja que o caminho seja bem longo
para que hajam muitas manhãs de verão em que,
com quanto prazer, com tanta alegria,
entres em portos que vês pela primeira vez;
Para que possas parar em postos de comércio fenícios
para comprar coisas finas, madrepérola, coral e âmbar,
e perfumes sensuais de todos os tipos -
tantos quantos puderes encontrar;
e para que possas visitar muitas cidades egípcias
e aprender e continuar sempre a aprender com os seus escolares.

Tem sempre Ítaca na tua mente.
Chegar lá é o teu destino.
Mas não te apresses absolutamente nada na tua viagem.
Será melhor que ela dure muitos anos
para que sejas velho quando chegares à ilha,
rico com tudo o que encontraste no caminho,
sem esperares que Ítaca te traga riquezas.

Ítaca deu-te a tua bela viagem.
Sem ela não terias sequer partido.
Não tem mais nada a dar-te.

E, sábio como te terás tornado,
tão cheio de sabedoria e experiência,
já terás percebido, à chegada, o que significa uma Ítaca.

Constantine P. Cavafy (1911)


Boa viagem Ezequiel!!!

|
A Liberdade está a passar por aqui...

Acabou-se o Festival...

Não sei se o Ezequiel ainda vai voltar a escrever este ano, mas para o ano, seguramente cá estará a relembrar-nos que a Liberdade deve-se comemorar todos os dias...

Nós (organização) vamos ficar por aqui, e após o próximo post, possivelmente não voltaremos a escrever neste blog. Podem-nos encontrar aqui ou aqui.

No entanto, antes de nos irmos embora gostariamos de saber as vossas opiniões sobre este 2º Festival "Contos de Liberdade". Coisas que gostaram, o que não gostaram, sugestões para o próximo ano, etc...

Para isso basta clicar na caixa que diz comentários...

Agradeciamos a vossa participação (para isso também foi feito o 25 de Abril...)




|

sexta-feira, abril 23, 2004

E mais um dia se passou...

Haviam de ver a Paula a contar...
Quem viu gostou, quem não viu, sábado há mais...

Daqui a bocadinho a Tixa vai estar na EB1 P3 em Faro e a Paula vai contar especialmente para os moços da Bernardo Passos em S. Brás

Às 21.30 os Piratas vão estar n Biblioteca de faro (se chegarem a tempo..) e às 23.00 nos Artistas...

Mais detalhes em www.arca-algarve.org
|

quinta-feira, abril 22, 2004


Olá Minha gente!

Que bom é poder falar-vos... AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH...
Que Aventura...Acabo de aceder ao blog para tentar saber o que se passa e é claro que é com muita tristeza que confirmo que o festival de contadores de contos, ou melhor o Festival de Narração Oral, já começou, sob a égide da Liberdade , mais uma vez, nessas belas terras ao Sul...Desculpem não ter aparecido mas desta vez foi pela minha liberdade que eu tive de lutar, pela liberdade de falar e de explicar que estava ser cometido um erro e que eu não era quem eles estavam a pensar...quem são eles? Perguntam vocês. Deixem cá ver, eles são a Mossad, os serviços de estranjeiros e fronteiras de varios países da União Europeia e adivinhem lá....................... A CIA...nunca pensei, que se dessem a tanto trabalho e ao mesmo tempo fossem tão complicados...
Tudo começou em Israel, quando passei da Palestina à Jordânia e depois rumei ao Iraque, para ver a minha terra depois de varios anos a viajar sem lá passar...quando entrei, claro , já ia preparado para uma situação de guerra e de violência, mas nunca pensei que um outro povo, estivesse mesmo a fazer de dono da minha casa, é claro que me desagradou, e muito, mas como não acredito na violência, fui tentando encontrar soluções para ir resolvendo conflitos por onde passava, e até fui bem sucedido, e nem sequer fazia ideia que já me seguiam com tanta atenção...pois, foi aí que começou...
Bem lá andava eu em direcção ao meu objectivo, a barragem de Darbandi Khan, para ir meditar para lá um pouco, e é claro que não tive nenhum problema com os meus irmãos, e é claro que tive problemas com os invasores..."porque é que és tão grande?", "que escondes aí debaixo","se te aproximas dos poços de petróleo corres risco de vida","se não fosses árabe covidavamos-te para jogar na NBA, mas ainda metias uma bomba no Madison Square Garden"...enfim uma série de coisas que eles achavam que eu não compreendia e que só me entristeciam mais e mais...Cheguei à barragem..estava feliz, tinha conseguido, finalmente poderia descansar, e meditar um pouco sobre a minha missão e sobre todos vós...meus irmãos de luta...meus queridos e queridas aí das terras dos Algarves a quem me deveria juntar em breve para me deleitar com Estórias, alegria e Sol...Mas qual não é a minha surpresa quando vejo o meu acesso á barragem barrado...pois, levarem assim com eles o meu sonho dos últimos anos...Não!, o senhor não pode passar, há rumores que os apoiantes de Saddam, querem envenenar a agua, como em tempos ele próprio ja tinha feito com outras reservas de água mais a norte..fiquei siderado...
NÃO! Respondi eu!, Era só o que faltava...eu sou livre! Já há muito tempo, desde antes de vocês terem um país ao qual chamar de Estados Unidos, quem pensas tu que, quando Ingleses e Franceses dominavam a vida dos teus antepassados, lembrou a esse mesmos antepassados que a terra era grande e que não havia necessidade de serem súbditos de um poder desconhecido e distante, que vos retirava a liberdade e vos impunha leis que so faziam sentido do outro lado do Atlântico. É claro que não compreendes tu impões Liberdade com armas e ainda hoje representas um povo invasor que esmagou uma série de tribos e as enfiou em reservas como se se tatassem de peças de museu...Nunca me compreenderás...mas vou continuar a tentar...vou passar, vou seguir até à margem vou sentar-me e fazer aquilo que que tinha definido fazer, e se quiseres derrubar-me, lembra-te que tens de matar muitos mais do que só eu............................................................................................................................................
Fez-se silêncio e eu segui em frente...nada mais se passou, pensava eu...meditei...e ali pensei muito em vós e em todo o mundo e apercebi-me que tinha de achar um meio de chegar rápido aí aos Algarves e que o tempo urgia...
Corri para a Turquia deixando um rasto de pó no meu caminho, ia tentar encontrar um amigo que tenho por lá e queja me ajudou antes, mas nada feito, disseram-me que tinha sido condenado à morte e que tinha fugido para a Arménia...juntei-me então a uma expedição com camelos que depois se cruzou com uma de Jipes que voltava à Europa, segui com estes mas a sua expedição ainda ia dar uma vomlta ao mar negro e o tempo urgia, faltavam três dias para o vosso festival quando me foi oferecida uma viagem aérea por uma amiga de Istambul...até Paris...dois dias será que consigo? Dizia eu...conhci então alguem da comunidade Árabe a quem expliquei a minha situação e esse rapaz, o Abdulah providenciou camião conduzido por um Português e que ia para aí e que aceitou transportar-me...cheguei a Portugal...Fomos parados... Uma operação anti terrorismo, por causa do campeonato Europeu de Futebol, a descrição que eles tinham correspondia, vieram uns homens com um camião negro, enfiaram-me lá dentro ameaçaram-me, fui para um avião voei algumas horas...sozinho...amarraram-me...............interrogaram-me, ameaçaram cortar-me as pernas até que alguém resolveu ouvir-me...Ufff........finalmente...
Quando lhes expliquei que me dirigia para o festival de contos e não de bombas como um qualquer espião que me seguia tinha ouvido, logo viram que eu não era o Mulah Omar disfarçado nem o mentor do Osama, nem mesmo aquele que é o pior de todos os terroristas e que eles nunca viram....resolveram pedir-me desculpas mas disseram-me que só o presidente podia dar a ordem de libertação visto eu ser um porencial terrorista...ao que eu respondi que apenas gosto de estórias...trouxeram-me até ao Presidente, o tal...o Senhor Bush....Pediu-me desculpas pelo mal entendido...dix que foi o pai que lhe explicou que eu era...pediu muuuuuuitas desculpas e concedeu-me desejos...até me ofereceu exílio...nem comentei..pedi só um computador, uma forma de tirar fotos e que me levasse a Portugal para o Festival... O que importa agora é que el acedeu e neste momento estou no rancho dele sentado ao computador e prestes a entrar num pequeno jacto , um tal de Air Force One e vou dirigir-me para aí...
NÃO SEI QUANDO CHEGO, MAS CHEGAREI...

aLIBERDADE VENCE MAIS UMA VEZ E NÃO DEIXA DE SER AQILO QUE QUEREMOS QUE ELA SEJA PARA SEMPRE..........................................................................................................................................................A FORMA MAIS BELA DE VIVER, A UNICA, A NOSSA

Beijos e abraços

EZEKYEL

|
E daqui a bocadinho há mais...

10h00 na EB1 do Alportel Arca dos Contos pela OPAP

11h30 A Alliance Française vai contar um conto na língua do Voltaire na ES Pinnheiro e Rosa (não é bem na lingua dele que o senhor ja está morto e da língua dele aproveita-se pouco, mas é em francês)

21h30 Serafim conta no Museu do Traje em S. Brás

23h00 A Paula Carballeira conta no Maktostas em Faro



|
O festival já começou

Prontes...o festival já começou...Foi logo esta manhãzinha no Jardim de Infância do Corotelo com a OPAP. E pela tarde uma oficina de escrita criativa na Escola 2,3 Poeta Bernardo Passos pelo Nucli- Núcleo de Literatura da ARCA.

À noite ouvimos a estreia mundial do Rei Fáfumes, soberano do enorme reino de Vila Real de St. Antoino até ao Coiro da Burra, uma desgarrada interactiva entre outras histórias...
|
Não há noticias do Ezequiel...

Pois...estamos à espera de saber coisas...
|

quarta-feira, abril 21, 2004

Mais desenvolvimentos sobre a prisão de Ezequiel

O nosso blog conseguiu saber que Ezequiel já estava a ser seguido há ja alguns dias... Depois de ter atravessado o Estreito de Gibraltar de Ferry- Boat, a polícia Shengeniana verificou que Ezequiel tinha passado por "territórios suspeitos". De facto, desde que iniciou a sua viagem em Babel passou pela Jordânia, Libia, Argélia e Marrocos (todos territórios cheios de "potenciais terroristas" no entender da polícia que guarda o território deste lado do Acordo de Schengen) e deste modo fez disparar o alarme no Sistema Integrado de Detecção de Potenciais Terroristas. Primeiro pensaram que seriam algum "mouro ilegal da apanha do tomate" depois confundiram-no com um "moldavo apanhador de morangos", e antes de o confundirem com um "chinoca de restaurante" e e finalmente com um "terrorista bombista islamista", pensaram que seria um "Indiano Quéfrô" e um "Brasileiro Dentista"(todas estas designaçoes estão de acordo com o Sistema Internacional de Catalogação de Nacionalidades Alheias à nossa Europa -SICNAE em vigor na União Europeia. Quando questionados sobre a diversidade de possiveis catalogações, a o Porta Voz do Departamento de Propaganda da Policia Schengeniana referiu " o sistema ainda está em experimentação e as fotografias são a preto e branco, de qualquer maneira vêm todos do estrangeiro por isso são todos parecidos.." Por este motivo Ezequiel não foi identificado como "Camaronês de má rês" ou "Cabo-Verdiano Preguiçoso"
uma vez que a fotografia que aparecia no computador destes perfis era totalmente negra, contráriamente à fotografia de Ezequiel que era branca suja.

Mais informações sobre esta detenção assim que as tivermos...
|

terça-feira, abril 20, 2004

Última Hora Rumschfeld a caminho de Portugal

Rumschfeld segue neste momento a bordo do Airforce 1 (avião presidencial dos EUA)a caminho de Portugal para reunir com Paulo Portas depois de saber que um presumível terrorista foi preso na fronteira de Vila Real de Sto António.

Segundo um republicano não identificado "esta será uma oportunidade de matar dois coelhos de uma cajadada: convence-se Portugal a enviar mais tropas para o Iraque (para substituir as espanholas) e pudemos ganhar as eleições do próximo ano..."

Fonte Agencia Reuter

|
Epá ! Por esta é que não estava a espera...
Enquanto não sabemos mais noticias do Ezequiel (re) lembro que o programa do Festival de Contos encontra-se aqui .

É preciso fazer um "scroll" na barra lateral que o programa está meio escondido....





|
Enquanto não obtemos mais informações sobre esta detenção, informamos os nosso leitores que podem participar através da caixa de comentários...
|
Ezequiel detido na fronteira Espano-Portuguesa

Ezequiel, o Trolha de Babel foi preso durante uma operação Stop na Ponte sobre o Guadiana entre Ayamonte e Vila Real de Santo António.
Uma brigada da BT mandou parar o camião onde Ezequiel vinha à boleia, ordenou que descesse e depois de lhe pedir os documentos decidiu detê-lo até novas ordens. Tão inusitado facto aconteceu depois do sub-sargento Martins perguntar “Babel!? Isto é donde?” ao que Ezequiel respondeu “ é no lugar a que vocês chamam Iraque”. O sub sargento Martins ficou (segundo as suas próprias palavras) “logo com a pulga detrás da orelha” e quando perguntou a profissão e Ezequiel respondeu “filósofo e andarilho, neste momento operário em construção” o Sub sargento Martins decidiu prendê-lo para mais averiguações. Em entrevista à nossa reportagem o sub sargento Martins afirmou: “ O nosso chefe mandou-nos, portanto, fazer uma operação stop, portanto, tínhamos de treinar para o Euro sabe?
É que vêm aí muitos estrangeiros e toda a gente sabe que há estrangeiros bons, portanto os que têm dinheiro, portanto e dinheiro é bom para o nosso país, principalmente agora que não há dinheiro, principalmente desde que temos essa senhora que é ministra e que deve ser socialista pois os socialistas é que deixam isto num caos, e se não fosse o nosso primeiro ministro isto ainda andava pior, mas eu não me meto em politicas sabe, pois como eu estava a dizer mas também há muita malandragem que só quer é fazer-nos mal…e também há aqueles que vêm roubar o nosso emprego, portanto, mas esses paraxodalmente (sic) até me vêm garantir o emprego pois nós andamos atrás deles, que é para não roubarem emprego a ninguém.
Pois como estava a dizer vi esse indivíduo e pensei cá para mim: este com esta cara deve ser da Alcateia ou Alcateda ou lá o que é, ou então deve ser desses desempregados que vêm para aqui vadiar só provocar desacatos, é melhor indentificá-lo (sic). Pois quando me disse que era filósofo eu vi logo que não era boa rês, (já tivémos um ministro assim mas casou-se com aquela gaja muita boa é sempre assim os malandros ficam com tudo, ele até é de cá da terra mas aqui toda a gente ou é pato bravo ou malandro o que vai dar a mesma coisa).
Pois como estava a dizer nós andamos a treinar para o Euro, mas não pensávamos apanhar ninguém, era só a treinar.
Quando me disse que ia a um festival de contos e que já tinha estado cá o ano passado lembrei-me logo nos atentados em Madrid e em Nova York e num filme americano em que esses árabes andam sempre a passar de um lado para o outro para procurar informações e a meter bombas em todo o lado.
Pois logo a seguir liguei para o meu chefe que me mandou prendê-lo, Passados 10 minutos vieram uns tipos de negro do governo e levaram-nos não sei para áonde (sic).


A nossa reportagem soube que o Ministro da Defesa foi directamente contactado e que ordenou à Polícia deter o “presumível suspeito” até novas ordens ao abrigo da nova lei anti-terrorista que vai ser aprovada pelo governo da maioria depois de ter sido escrita pelo próprio Ministro. Paulo Portas terá comentado “Depois de prender este gajo, chegamos à conclusão de que precisamos de uma lei anti-terrorista pois é óbvio que Portugal é um alvo dos terroristas”. Quando o sub-chefe Correia (o responsável pela BT de VR St António) lhe lembrou que só podia receber ordens da sua chefia e do Ministro da Administração Interna Paulo Portas agradeceu-lhe: “ainda bem que me diz isso que é para eu acrescentar na lei que eu posso dar ordens a quem eu quiser ao abrigo a lei anti-terrorista”.

Até este momento não pudemos reunir mais informações, sabendo apenas que Ezequiel está em parte incerta e assim que pudermos daremos mais informações.




|

sexta-feira, abril 16, 2004

Abril com "R"

«Trinta anos depois querem tirar o r
se puderem vai a cedilha e o til
trinta anos depois alguém que berre
r de revolução r de Abril
r até de porra r vezes dois
r de renascer trinta anos depois

Trinta anos depois ainda nos resta
da liberdade o l mas qualquer dia
democracia fica sem o d.
Alguém que faça um f para a festa
alguém que venha perguntar porquê
e traga um grande p de poesia.

Trinta anos depois a vida é tua
agarra as letras todas e com elas
escreve a palavra amor (onde somos sempre dois)
escreve a palavra amor em cada rua
e então verás de novo as caravelas
a passar por aqui: trinta anos depois.»


Manuel Alegre


|

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com